Buscar este blog

viernes, 26 de octubre de 2012

Informação: No Paraguai, a área de cultivo da soja duplicou em 10 anos - LA NACIÓN


A soja se consolidou como um dos segmentos mais importantes da economia paraguaia e segue sua tendência expansiva no país. Para a safra de 2012/13 a área deste cultivo ocupará 3,1 milhões de hectares, segundo estimativas da APS (Associación de Productores de Soja, Cereales y Oleaginosas del Paraguay), isto representa um crescimento de 100% em uma década.

A 10 anos, a superfície de soja no país estava em torno de 1,55 milhões de hectares, de acordo com os dados da CAPECO (Cámara Paraguaya de Exportadores de Cereales y Oleaginosas), exatamente a metade da área estimada para este ano agrícola.

miércoles, 24 de octubre de 2012

Informação Técnica: Perdas de Nutrientes pelas Queimadas - NA SALA COM GISMONTI


As queimadas trazem sérios prejuízos ao solo e à agricultura. Embora exigida liberação para execução das queimadas controladas, isto significa que elas são permitidas. As queimadas causam danos à fertilidade do solo - empobrecendo-o em nutrientes, ao meio ambiente, à saúde pública, aos animais e à vegetação. Temos duas Leis de Crimes Ambientais: uma relacionada aos crimes ambientais contra a flora e a outra contra a fauna. Permitem-se e autorizam-se queimadas contra duas leis que protegem a fauna
e a flora. Afora todos os problemas que as queimadas causam, a perda de nutrientes do solo é elevada, sem falar na emissão de gases de efeito estufa.

miércoles, 10 de octubre de 2012

Informação Técnica: Matéria Orgânica Aumenta Resistência do Solo à Compactação - NA SALA COM GISMONTI


A compactação tem sido presenciada em solos, principalmente argilosos, onde o sistema de plantio direto foi adotado. Os solos compactados diminuem a porosidade e oferecem resistência ao desenvolvimento radicular e crescimento das raízes. A infiltração de água é menor e, consequentemente, uma diminuição da quantidade de água para as plantas. Nos períodos de seca há uma resistência à penetração das raízes.

A redução de matéria orgânica e de resíduos vegetais na superfície, o trânsito de máquinas e de animais favorecem a compactação. Conclui-se que os resíduos vegetais, continuamente adicionados na superfície do solo, aumentam o teor de matéria orgânica contribuindo para reduzir a compactação. Com este processo há um aumento do teor de carbono orgânico (CO) no solo. Estes resíduos vegetais (orgânicos) possuem baixa densidade.

lunes, 1 de octubre de 2012

Informação Técnica: Importância das Propriedades Físicas do Solo - NA SALA COM GISMONTI


No solo encontramos sólidos, líquidos e gases. Os sólidos são considerados a "reserva de nutrientes". Os nutrientes são liberados para serem disponibilizados pelas plantas. A parte líquida, a solução do solo, é a fonte de água que carrega os nutrientes ao alcance das raízes das plantas. Um solo é formado de 45% de sólidos, 25% de líquidos, 25% de ar e 5% de matéria orgânica.

A parte sólida do solo é constituída de materiais orgânicos e minerais. Os orgânicos são restos de culturas e outros materiais de origem orgânica, e  são chamados de "húmus". A matéria orgânica é a principal constituinte, agindo na CTC, na capacidade de absorção e retenção de água e na estrutura física do solo.