Buscar este blog

martes, 21 de agosto de 2012

Encarte Técnico: Manejo do solo para redução das perdas de produtividade pela seca - EMBRAPA

Comentario: Neste excelente material elaborado pela Embrapa Soja (Documentos - 314) que é disponibilizado na internet e pode ser baixado na íntegra diretamente do site de origem clicando neste link, são apresentados resultados recentes de pesquisa referentes ao manejo do solo e da cultura da soja, com uma abordagem de fácil entendimento e muito objetiva, destinada especialmente à produtores para auxiliar nas decisões a serem tomadas para minimizar os efeitos da seca, especialmente nas culturas de soja e milho, de modo a manter sua sustentabilidade.


Os objetivos da Embrapa com este material, segundo José Renato Bouças Farias, Chefe-Adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento desta entidade, é contribuir para na redução das perdas de produtividade pela ocorrência da seca, que tem se tornado cada vez mais comúm na nossa agricultura.


Abaixo segue o RESUMO do próprio material:

O plantio direto tem sido amplamente adotado no Brasil, contribuindo para a preservação ambiental e a sustentabilidade da produção agrícola. Os principais benefícios do sistema são a manutenção da cobertura do solo, a preservação ou aumento do teor de matéria orgânica e a melhoria das propriedades físicas, químicas e biológicas do solo. Além dos benefícios do plantio direto, o crescimento do sistema radicular tem grande importância para o aumento do reservatório de água disponível durante os períodos de estresse hídrico, cada vez mais freqüentes durante o ciclo de produção das culturas de verão. No plantio direto, a rotação de culturas com espécies comerciais, como o milho e/ou com plantas de cobertura do solo, também tem sido indicada como forma de melhorar a qualidade do solo e permitir maior armazenamento de água e desenvolvimento do sistema radicular da soja. Esse efeito pode ser atribuído a maior produção de resíduos vegetais e raízes por diferentes espécies no sistema de rotação de culturas, melhorando a estrutura e a capacidade de armazenamento de água do solo, o que aumenta a eficiência de seu uso. Dentro desse contexto, o emprego de forrageiras tropicais em sistemas de integração lavoura-pecuária, constitui-se em uma excelente opção para a produção de palha e raízes e, dessa forma, melhorar a eficiência de uso de água. Em complemento a práticas de manejo do solo, a eficiência de uso da água pode ser aumentada com o uso de cultivares de soja que naturalmente apresentem maior potencial de desenvolvimento do sistema radicular. Além disso, o produtor, em conjunto com a assistência técnica, deve elaborar e executar um planejamento adequado do sistema de produção, de modo que o mesmo contemple o escalonamento de cultivares e épocas de semeadura, obedecendo ao zoneamento agrícola de riscos climáticos.

Por: Agro Paraguay

No hay comentarios.:

Publicar un comentario